Estação da Olaria – Gávea – 1875.

ESTACAO DA OLARIA - GAVEAEstação da Olaria – Gávea.

Esta fotografia mostra a antiga estação da Olaria, na Rua Marquês de São Vicente, na Gávea, construída em 1875.

Segundo Dunlop, esta linha levou quinze anos para ser construída: o primeiro trecho, da Rua Gonçalves Dias (esquina de Rua do Ouvidor) ao Largo do Machado, foi inaugurado em 9 de outubro de 1868.

O segundo trecho, até ao fim da Rua Marquês de Abrantes, ficou pronto em 21 de novembro e o terceiro trecho, até o começo da Rua de São Joaquim (atual Voluntários da Pátria), ficou pronto em 19 de dezembro de 1868.

Por não estar ainda aberta e concluída esta rua, somente em janeiro de 1871 pôde ser ultimado o trecho até ao portão do Jardim Botânico.

Pouco depois a linha atingia o Largo das Três Vendas, no começo da Rua Marquês de São Vicente, e, em 17 de janeiro de 1874, chegava à estação da Olaria, no número 224 desta rua.

E somente em 1883 a linha Gávea chegou a seu final, na Ponte da Rainha, no final da Marquês de São Vicente.

Na última década do século XIX experimentou-se nessa linha o “Expresso da Gávea”, que nada mais era que um bonde comum que saía da cidade às 16 horas e, “à toda velocidade”, se dirigia para a Ponte de Táboas, parando somente no Largo do Machado e na estação do Largo dos Leões para uma rápida mudança na parelha de muares.

Levava uma hora e meia para ir do Centro da Cidade até a Ponte de Táboas.

Daí em diante virava “subúrbio” e ia parando à vontade dos passageiros.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *