imagine o rio

categorias

Saúde & Longevidade

Educação & Inclusão

Infraestrutura & Transportes

Segurança & Cooperação

Governança & Finanças

Sustentabilidade & Resiliência

Saneamento & Abastecimento

Futuro das Profissões

Cultura & Cidadania

Inovação & Criatividade

Arquitetura & Urbanismo

Esportes, Lazer & Juventude

Equidade & Tolerância

Turismo & Grandes Eventos

Patrimônio & Memória

blog “reconexão carioca”

Um sentimento verde, branco e grená – 118 Anos do Fluminense Football Club

Um sentimento verde, branco e grená – 118 Anos do Fluminense Football Club

Até os ateus, os agnósticos, qualquer tricolor quando é perguntado sobre seu time, logo diz: graças a Deus sou tricolor. Há algo místico, sobrenatural, espiritual em ser tricolor. Quem é tricolor sabe do que estou falando, sabemos que ao entrar em campo, o jogo só acaba quando termina. Colocamos nossa armadura e parece uma segunda pele. Ouvimos narrações antigas dos gols de Rivelino, Washington, Assis, e dá um quentinho no peito. E quando em um chute do adversário a bola bate no travessão? Foi Castilho. Aquele gol aos 47 do segundo tempo? João de Deus intercedeu. Não há dúvidas. É uma identificação sobrenatural. Quando você se reconhece tricolor, não há escapatória. Talvez por isso exista uma música de torcida afirmando que os torcedores levarão o Fluminense no peito do berço até o caixão.

Casa de Rui Barbosa: mais que um museu

Casa de Rui Barbosa: mais que um museu

O legado de Rui Barbosa para a cultura brasileira vai além de suas obras em vida. Sua própria casa transcendeu a função de museu ao longo de quase noventa anos de história e se tornou referência de conservação e produção do conhecimento em vários campos, mas hoje corre risco.

A Confissão de Fé da Guanabara e o martírio protestante na França Antártica

A Confissão de Fé da Guanabara e o martírio protestante na França Antártica

Uma das mais antigas declarações da fé reformada foi escrita no Brasil, em meados do século XVI. Seus autores foram huguenotes (calvinistas franceses) enviados pelo próprio reformador João Calvino e pela Igreja Reformada de Genebra.

O contexto desse notável documento foi a fundação da França Antártica, uma colônia francesa na baía de Guanabara, em novembro de 1555, pelo militar Nicolas Durand de Villegaignon, na ilha onde está hoje instalada a Escola Naval, chamada de Ilha de Villegaignon.

%d blogueiros gostam disto: